Luxemburgo põe ''todo mundo para jogar''

Técnico do Palmeiras festeja intervalo na Libertadores e usa força máxima no Brasileiro

Bruno Deiro, O Estadao de S.Paulo

16 de maio de 2009 | 00h00

A folga de 15 dias na Taça Libertadores não significa descanso para os principais jogadores do Palmeiras. Pelo contrário, serão testados contra dois favoritos ao título no Campeonato Brasileiro. Marcadas as datas dos duelos contra o Nacional, do Uruguai (27 de maio e 17 de junho), o técnico Vanderlei Luxemburgo avisa que vai colocar força máxima contra o Internacional, domingo, e no clássico com o São Paulo, no dia 24."Jogador precisa atuar, se não perde o tempo de jogo", explica Luxemburgo. A equipe, que embarca hoje à tarde para Porto Alegre, fará treinamento em Atibaia a partir de terça-feira. "Vou tentar botar todo mundo pra jogar, pois temos uma semana inteira para treinar." O comandante palmeirense ficou satisfeito com o intervalo de três semanas entre os duelos pelas quartas de final na Libertadores. "Foi legal, ficou bem distribuído", diz o técnico. "Dá para nos prepararmos bem para os dois confrontos."Os dois próximos jogos pelo Brasileiro também servem para o treinador fazer experiências no time. Uma delas é procurar um substituto para Wendel, que foi expulso contra o Sport e não pega o Nacional no jogo de ida, no Palestra Itália.No coletivo de ontem, ele testou um esquema com o zagueiro Maurício Ramos na direita, recuado, e com Marquinhos mais ofensivo na ponta. Sem Willians, que nem sequer foi relacionado para a partida, o ex-atacante do Vitória deve ganhar mais uma chance para tentar se firmar na equipe. "Tenho de dar força, ele tem potencial", afirma Luxemburgo. "Daqui a pouco faz um, dois gols e passa a ser elogiado." O Palmeiras apresentou ontem o lateral-direito Henrique, de 23 anos, que defendeu o Ituano no último Estadual. "Ele já mostrou potencial. Se destacou em dois jogos importantes, contra o São Paulo e contra a gente", ressalta Luxemburgo. O próximo reforço deve ser mesmo o colombiano Perea, que não vem sendo aproveitado no Grêmio. Em entrevista à Rádio Record, ontem, o atacante disse que deve assinar com o Palmeiras na próxima terça ou quarta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.