Machucado, Cancellara quer defender título no ciclismo

Machucado, Cancellara quer defender título no ciclismo

A cerca de 15km do fim ciclista olhou para trás, não fez uma curva, acertou a grade de proteção e caiu

AE, Agência Estado

30 de julho de 2012 | 09h56

Atual campeão olímpico da prova de ciclismo de estrada contra o relógio, o suíço Fabian Cancellara afirmou nesta segunda-feira que não pretende abdicar de defender o seu título em Londres, quarta-feira. Ele liderava a prova de estrada de sábado, de 249.5km, mas a cerca de 15km do fim olhou para trás, não fez uma curva, acertou a grade de proteção e caiu.

Mesmo machucado, o suíço, um dos principais nomes do ciclismo de estrada, não pretende desistir fácil de lutar pelo ouro na prova de 44km contra o relógio. "Espero no treino de hoje (segunda) eu possa me adaptar à bicicleta do contra-relógio. Sou otimista, tenho que ser positivo porque senão já teria voltado para casa ontem", disse Cancellara, em entrevista coletiva.

Em abril, ele já havia sofrido uma queda, durante a Volta de Flanders (Bélgica), quando caiu e fraturou a clavícula direita em quatro lugares. Aquela queda pode ter garantido a participação em Londres do atual tetracampeão mundial do contra-relógio.

"Eu tive a mesma sensação de Flandres. Eu estava esperando os exames e o médico disse: ''A sorte é que você tinha um pino aí''. Eu acho que o pino me salvou de não quebrar a minha clavícula", contou Cancellara, que completou: "Sou um cara duro".

Ele acredita que, até quarta-feira, pode estar melhor para competir. "Sinto-me um pouco melhor a cada hora. Ainda sinto dor, mas estou em boas mãos. Estou otimista. O tratamento é importante, mas a coisa mais importante é a cabeça."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.