Divulgação
Divulgação

Mãe de atleta brasileira que sofreu acidente vai aos EUA

Laís Souza treinava para os Jogos de Inverno quando sofreu acidente de

Rene Moreira, especial para o Estado, O Estado de S. Paulo

28 de janeiro de 2014 | 21h43

RIBEIRÃO PRETO - Odete Souza, mãe da atleta Laís Souza, tentava embarcar na noite desta terça-feira (28) para os Estados Unidos visando acompanhar o tratamento da filha. Ela treinava para tentar uma vaga nos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi quando sofreu um acidente de esqui que lhe causou um torção na coluna nesta segunda (27).

A atleta é de Ribeirão Preto e passou por cirurgia deixando os familiares muito apreensivos. Emocionada, antes de viajar, a mãe disse esperar que a filha não fique com sequelas e volte logo à vida normal. Os parentes estão em contato com o hospital nos Estados Unidos e com o treinador de Laís. Porém, eles dizem não ter obtido ainda informações precisas sobre o estado da atleta e as perspectivas para o futuro.

Segundo a mãe, eles disseram apenas que ela está fora de perigo. O acidente aconteceu em Salt Lake City, em Utah, nos Estados Unidos. A atleta treinava para poder representar o Brasil na disputa de Aéreos do Esqui Estilo Livre. Ela sofreu uma queda na rampa e após a cirurgia foi sedada e estava dormindo. Parentes contaram estar rezando por sua recuperação.

Estado

O Comitê Olímpico Brasileiro está ajudando a família a se manter informada sobre a situação da atleta. Laís Souza tem 25 anos e começou na ginástica aos quatro anos de idade em Ribeirão Preto. Desde 2001 integra a equipe brasileira de ginástica e já esteve em duas olímpiadas. Este ano queria ser a primeira brasileira na disputa de outro esporte, o esqui aéreo na edição de inverno do evento. Ela está internada no Hospital da Universidade de Utah, sendo acompanhada por Josi Santos, a outra integrante da equipe brasileira de esqui aerials. Pelas redes sociais atletas de todo o país postaram mensagens nesta terça (28) pela recuperação de Laís.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.