Mãe de Joanna revela nome de acusado de abuso sexual

Teresinha é médica e diz que professor de escola em Olinda seria o responsável pelo problema com sua filha

Redação,

13 de fevereiro de 2008 | 11h26

A mãe da nadadora Joanna Maranhão, Teresinha, decidiu revelar o nome do técnico que a filha acusa de tê-la abusado sexualmente quando tinha nove anos: é Eugênio Miranda. Ele trabalhou durante três anos com ela - dos seis aos nove - no Náutico, em Recife, e atualmente é professor em um colégio da capital pernambucana (Colégio Santa Emília).Veja também: Joanna Maranhão volta e diz ter superado caso de abuso"Quero ver se ele tem coragem de olhar na minha cara e negar. Carreguei essa dor por muito tempo. Não tenho medo dele", diz Teresinha, que é médica, em entrevista ao jornal Diário de Pernambuco. "Tratava-se de alguém que freqüentava minha casa. Ele, a mulher e os filhos, que treinavam com Joanna", emenda.Eugênio Miranda nega que isso tenha acontecido. "Eu não tenho nem o que dizer sobre isso. Vou esperar a minha família. Quero conversar com a minha esposa para saber as medidas que vamos tomar", disse ao jornal.   Ainda nesta terça-feira, a direção do Colégio Santa Emília decidiu afastar o treinador, de acordo com a TV Globo. Joanna Maranhão, em seu retorno ao Brasil após um período de treinos na França, disse que não pensa em ir à Justiça por enquanto. Ela fez até um apelo aos jornalistas na entrevista que concedeu nesta terça-feira: "Estou seguindo em frente, não quero fazer nenhum drama e nenhuma novela em cima disso."     Atualizado às 14 horas para acréscimo de informação 

Tudo o que sabemos sobre:
Joanna Maranhãonataçãoabuso sexual

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.