Andy Lyons/ AFP
Andy Lyons/ AFP

Mahomes estende contrato com os Chiefs por dez anos e vai ganhar R$ 2,7 bilhões

Com esses valores, o quarterback passa a ser o jogador mais bem pago da NFL

Redação, Estadao Conteudo

06 de julho de 2020 | 23h13

Um contrato de dez anos por US$ 503 milhões (cerca de R$ 2,7 bilhões). Este é o novo compromisso de Patrick Mahomes, quarterback do Kansas City Chiefs, que vai começar a valer em 2022. Com esses valores, Mahomes, que ainda tem dois anos de contrato com os Chiefs, passa a ser o jogador mais bem pago da NFL, superando Russell Wilson, quarterback do Seattle Seahawks, que recebe US$ 35 milhões por temporada (cerca de R$ 192 milhões).

Aos 24 anos, Mahomes foi o grande responsável pela vitória do time do Missouri no Super Bowl deste ano, em Miami, sobre o San Francisco 49ers. No Kansas City Chiefs desde 2017, Mahomes foi eleito o jogador mais valioso da NFL em 2018. No domingo, pode se consagrar e atingir um nível ainda maior em sua carreira. "Acho que se jogarmos como temos feito toda a temporada, nossas chances são boas. O importante é nos mantermos confiantes e sabedores de que somos capazes de conseguirmos a vitória."

A genialidade de Mahomes pode ser comparada a de Lionel Messi no futebol. Para muitos, assim como o argentino, o norte-americano é um "ET". Sua capacidade de decidir os jogos "não é deste planeta", dizem nos Estados Unidos. Mahomes possui um estilo de arremessar a bola um pouco diferente do normal. Fruto talvez da convivência com o pai, Pat Mahomes, ex-arremessador, de 1992 a 2003. O lançamento é feito muitas vezes de lado, fugindo do bloqueio feito pelo adversário, que espera as bolas em linha reta e mais altas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.