'Mais solto', atacante Fred celebra fim de jejum de gols diante da Itália

Atacante marcou dois gols neste sábado

AE, Agência Estado

22 de junho de 2013 | 18h33

SALVADOR - Foram três jogos sem gols, algo incomum para um centroavante como Fred. O jejum com a camisa da seleção brasileira, após as partidas contra França, Japão e México, já vinha incomodando o jogador, mas tudo isso teve fim neste sábado, com os dois gols marcados por ele na vitória por 4 a 2 sobre a Itália, em Salvador, pela última rodada da fase de grupos da Copa das Confederações.

Fred não vinha atuando nas melhores condições físicas. Ele se apresentou à seleção com uma fratura incompleta na costela, que vinha o atrapalhando em campo. Mas tudo isso já ficou no passado. "Sem dúvida foi a partida que eu joguei mais solto, mas tenho de agradecer primeiramente a Deus e depois a todo mundo aqui. A fisioterapia que me deixou 100%", disse.

Mesmo já classificada, a seleção brasileira sabia da importância do jogo deste sábado, que definiria quem avançaria às semifinais como primeiro e segundo do Grupo A. A vitória deve impedir o confronto com a Espanha, que provavelmente será a primeira colocada da outra chave. "Quanto mais decisivo (for o jogo) melhor", resumiu Fred.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.