Mais três brasileiros em ação

Éverton, Rafael e Robson lutam em Trinidad & Tobago

O Estadao de S.Paulo

15 de março de 2008 | 00h00

O boxe brasileiro continua na briga por uma vaga nos Jogos Olímpicos de Pequim, hoje, em Port Spain, Trinidad & Tobago, no 1º Torneio Qualificatório das Américas. O leve Éverton Lopes (até 60 quilos) e o pesado Rafael Lima (até 91 quilos) disputam a segunda rodada da competição, que classifica 23 pugilistas para Pequim. Já o pena Robson Conceição (até 57 quilos) estréia no torneio.Éverton, que eliminou Omar Ward, de Barbados, no primeiro duelo, por pontos, terá pela frente o dominicano Jhonathan Batista. Rafael Lima sobe no ringue do Complexo Jean Pierre pela segunda vez, agora para encarar o venezuelano Edgar Muñoz. Na sua estréia ele bateu Denzel Salazar, de Trinidad & Tobago. O argentino Jesus Cuellar será o oponente de Robson Conceição.Os cubanos seguem sem derrota no pré-olímpico. Os lutadores da maior ilha do Caribe são os grandes favoritos. A equipe cubana não participou do Mundial de Chicago, em novembro do ano passado, com medo de deserções, após a fuga do bicampeão olímpico Guillermo Rigondeaux durante o Pan do Rio. A equipe brasileira, a exemplo da cubana, participa do torneio com o máximo de atletas possível: 11 boxeadores. No Mundial de Chicago, nenhum lutador nacional garantiu vaga na Olimpíada. O pugilista que não tiver êxito em Trinidad & Tobago ainda terá uma última oportunidade, a partir de 23 de abril, na Guatemala, quando mais 23 vagas estarão em jogo.O Brasil só conseguiu uma medalha em Jogos Olímpicos. Foi o bronze de Servílio de Oliveira, em 1968, na Cidade do México. Em Atenas/2004, cinco lutadores representaram o País.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.