Mais um Barros no Mundial de motos

Ser reconhecido apenas como "o irmão de Alexandre Barros" ainda é normal para César Barros. Pelo menos até agora. Aos 27 anos, o também piloto começa hoje sua caminhada rumo ao Mundial de motovelocidade, categoria 250cc, e desde já afirma que o sonho de correr ao lado de Alexandre, nas 500cc, vai se tornar realidade em breve. "Só depende do desempenho deste ano", garante César.Leia matéria completa no jt

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.