Mais um lanterna no caminho do Palmeiras

Time que já perdeu para o Atlético-GO em casa visita hoje o Grêmio Prudente. Kleber é a esperança de gols

Daniel Akstein Batista, O Estado de S.Paulo

22 de setembro de 2010 | 00h00

O Palmeiras olha para trás na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro e vê apenas um paulista: justamente o seu adversário de hoje. Jogar contra o lanterna Grêmio Prudente, a partir das 19h30, em Presidente Prudente, não é motivo de alívio para Luiz Felipe Scolari e seus comandados. Como todo torcedor alviverde lembra, a equipe já perdeu para o último colocado da competição.

Há exatamente um mês o Palmeiras enfrentava o então lanterna Atlético-GO, no Pacaembu, e a vitória parecia garantida. Mas ninguém esperava uma pane total e o triunfo do adversário por 3 a 0, no jogo em que Felipão disse ter passado uma das maiores vergonhas de sua carreira.

A vergonha não foi única e o time ainda decepcionou em várias outras ocasiões. Depois da parada para o Mundial da África, o Palmeiras não venceu duas consecutivas no Brasileiro e vem de uma derrota para o São Paulo, 2 a 0, no domingo. O problema maior tem sido atuar no Pacaembu. Fora, a equipe até que faz uma boa campanha e foi a que menos perdeu no torneio.

A última derrota ocorreu em 18 de julho, 4 a 2 para o Avaí. Depois, foram cinco empates e duas vitórias. Além de quebrar esta série invicta, um revés hoje pode significar a aproximação da zona de rebaixamento. Com tanta instabilidade na competição, ficar na parte de baixo da tabela é a pior coisa que os palmeirenses podem imaginar.

Recuperar-se do tropeço no clássico é o principal objetivo na noite de hoje. E Felipão tentará se livrar da fama de reclamão que o tem acompanhado - ele foi expulso domingo e o clube entrou ontem com uma representação na CBF contra o árbitro José Henrique de Carvalho.

Novo ataque? O Palmeiras apresentou ontem o atacante Dinei, que prometeu não mudar seu apelido assim como fizera o são-paulino Lucas, que não quer mais ser identificado como Marcelinho. "Eu não vejo nenhum problema", disse Telmário, que ganhou o apelido pela semelhança com o ex-atacante corintiano. "Mas também me chamam de Thierry Henry. Me acho mais parecido com ele."

O atacante já foi relacionado para enfrentar o Prudente e pode ganhar vaga no time titular. Dinei, aliás, disse que vai ter a mesma atitude de um ídolo da torcida. "Tem de ter o estilo do Kleber, ser guerreiro e disputar todas as bolas", afirmou sobre o atleta que volta de suspensão e é a esperança de gols do time.

Além de Kleber, o Palmeiras terá o retorno de Edinho. Pierre e Valdivia, suspensos, são os desfalques da equipe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.