Anja Niedringhaus/AP - 8/10/2010
Anja Niedringhaus/AP - 8/10/2010

Mais um nigeriano é pego no antidoping na Índia

Um segundo atleta que competiu nos Jogos da Commonwealth, realizado em Nova Deli, na Índia, deu positivo em um exame antidoping com a mesma substância que outro competidor, também da Nigéria, foi flagrado. Samuel Okon, que ficou em sexto lugar na final dos 110 metros com barreiras na sexta-feira, deu positivo em seu teste por consumo do estimulante proibido metil-hexanamida, disse Mike Fennell, presidente da Federação dos Jogos da Commonwealth.

AE, Agência Estado

12 de outubro de 2010 | 12h55

Veja também:

linkNigeriana perde ouro após doping

blog Blog Correr por aí: Dobradinha histórica

"É um estimulante", disse Fennell ao falar da substância, que também foi descoberta nas mostras de 12 atletas da Índia nos últimos meses. "Nestas instâncias não posso falar de maneira muito definitiva sobre de onde provém a substância, mas nos parece que poderia vir do consumo de suplementos alimentares", explicou.

Fennell disse que Okon renunciou ao seu direito de analisar uma contraprova. Já Oludamola, que faturou a medalha de ouro nos 100 metros rasos em Nova Deli, solicitou a que a contraprova seja analisada. Oludamola deve perder a sua medalha por conta da presença do estimulante metil-hexanamida.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos da Commonwealthdoping

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.