Mais um pugilista morre após combate

O boxeador indonésio Jack Ryan morreu nesta quinta-feira, depois de quatro dias em coma em conseqüência de traumatismos provocados por golpes recebidos durante um combate. Ryan, de 23 anos, que a exemplo de muitos pugilistas do país usava um nome ocidental - foi levado a um hospital após uma luta de oito assaltos.Jack Ryan é o 11º lutador indonésio a morrer em combate desde 1990 e o segundo este mês. Em janeiro deste ano, o peso-mosca junior Antonius Moses morreu, seis dias depois de ter sido nocateado durante uma luta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.