Malwee bate C. Barbosa e vai à final da Copa Intercontinental

O goleiro Tiago defendeu duas cobranças de pênalti e garantiu a vitória do Malwee sobre o Carlos Barbosa por 4 a 2, resultado que leva o time à final da Copa Intercontinental de futsal de 2008, em Granada, na Espanha. A vitória, após empate em 2 a 2 no tempo normal, classificou o Malwee, que enfrentará o Interviu Fadesa, repetindo a final das últimos três edições do torneio - todas vencidas pela equipe espanhola. Jé abriu o placar para o Carlos Barbosa aos sete minutos do primeiro tempo, mas Ari empatou aos 28. Goda pôs o Carlos Barbosa novamente na frente do placar aos 13 da segunda etapa. Porém, aos 15 minutos, Lenísio empatou e levou o jogo para a decisão por pênaltis. Chico, Lenísio, Ari e Falcão marcaram para o Malwee, enquanto Goda e Daniel converteram as cobranças do Carlos Barbosa. O goleiro Tiago defendeu as cobranças de Sinoe e Danilo, garantindo a classificação do Malwee para a final.  

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.