Manchester bate freguês e está na semi

MANCHESTER

, O Estado de S.Paulo

13 de abril de 2011 | 00h00

Não foi desta vez que o Chelsea vingou a dolorosa derrota sofrida na final da Copa dos Campeões, há três anos. No duelo inglês pelas quartas de final, o Manchester United venceu os dois jogos e confirmou a supremacia sobre o rival londrino. Ontem, com gols do mexicano Javier Chicharito Hernández e do sul-coreano Park, os Reds Devils confirmaram a classificação no Old Trafford no triunfo por 2 a 1.

Com Rooney apagado, o destaque do Manchester foi mais uma vez o veterano Ryan Giggs, que fez boa jogada para o primeiro gol e repetiu o bom desempenho mostrado na partida de ida. Ídolo da torcida, o apoiador de 37 anos diminuiu sua importância nos duelos. "Meu trabalho no centro foi facilitado com (o zagueiro) Michael Carrick, que fez dois jogos fantásticos."

Na outra partida de ontem, o Barcelona fez sua parte e garantiu a vaga ao bater o Shakhtar Donetsk, na Ucrânia, por 1 a 0. Messi provou mais uma vez que está afiado para o provável confronto e fez o gol do Barça, chegando a 9 na Copa dos Campeões e um total de 48 na temporada. Após passear no primeiro duelo (vitória por 5 a 1 no Camp Nou), o time de Guardiola chegou a sofrer pressão no início, mas depois equilibrou e conseguiu ampliar a vantagem.

Passeio. A goleada por 4 a 0 sobre o Tottenham no Santiago Bernabéu transformou a viagem do Real Madrid à Inglaterra em um passeio. Hoje, em Londres, o time de José Mourinho pode até perder por três gols de diferença que garantirá a vaga nas semifinais - se marcar um gol, o clube rival terá de fazer 6 para avançar.

A vida fácil da equipe merengue, porém, deve acabar em breve. Se confirmar classificação hoje, vai encarar o arquirrival Barcelona quatro vezes nos próximos 20 dias. O primeiro duelo será no sábado, pelo Campeonato Espanhol. No dia 20, os dois times fazem a final da Copa do Rey. Já as semifinais da Copa dos Campeões estão marcadas para os dias 27 de abril e 3 de maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.