Nigel Roddis/Reuters
Nigel Roddis/Reuters

Manchester United e Chelsea, só um vai seguir na disputa

Diabos Vermelhos saíram na frente, mas os Azuis não desistem de sua maior obsessão: ganhar o principal título europeu

, O Estado de S.Paulo

12 de abril de 2011 | 00h00

LONDRES - Com a maioria dos titulares descansados e na condição de favorito, o Manchester United recebe o Chelsea, às 15h45 (de Brasília, com transmissão da rádio Estadão/ESPN), no Old Trafford, apostando no apoio de sua fanática torcida. Tudo isso, sem contar o detalhe mais importante: o time vem de vitória por 1 a 0 na primeira partida contra o rival.

Portanto, para reverter o quadro e se classificar, o Chelsea precisa, no mínimo marcar dois gols nesta terça-feira. Se vencer por 1 a 0, a decisão vai para a prorrogação,

Na avaliação do experiente técnico "sir" Alex Ferguson, há 24 anos no comando do Manchester e vencedor duas vezes da principal competição de clubes da Europa, o maior problema do adversário é a obsessão de ganhar a Liga dos Campeões. "Por isso contrataram o Fernando Torres. O problema é você ter obsessão por uma competição tão difícil quanto essa, que reúne os melhores times. Isso é se exigir um pouco demais", avalia.

A preocupação do Manchester, porém, é evitar que se repita o roteiro do no ano passado, quando o time chegou a estar vencendo o Bayern de Munique por 3 a 0, sofreu dois gols e acabou sendo eliminado após um placar global de 4 a 4, com mais gols do rival fora de seus domínios. "Toda a concentração é vital. Os gols mudam a história das partidas", filosofa.

No Chelsea, todos contam com o primeiro gol de Fernando Torres, contratação milionária do clube em janeiro deste ano e que ainda segue sem marcar. "Eu não estou interessado em gol do Fernando. O que me interessa é vencermos o confronto", desconversa o técnico Carlo Ancelotti, tentando diminuir a pressão sobre seu atacante.

Barcelona. Praticamente classificado após fazer 5 a 1 no primeiro jogo, em casa, o Barça pode até poupar alguns titulares que estejam mais cansados, nesta terça, diante do Shakhtar, em Donetsk. Se passar, deve enfrentar o rival Real Madrid na próxima fase.

Veja também:

som ESTADÃO ESPN - De olho na semi, Manchester e Chelsea se enfrentam pela Liga

video ESPN - Apesar da vantagem, Guardiola descarta poupar: 'É vaga na semi da Liga' 

video ESPN - Chicharito 'desbanca' Rooney e vira ídolo do Manchester United

video ESPN - 'Eu não apostaria tão facilmente no Barcelona contra o Real', diz Felipão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.