Martin Meissner/AP
Martin Meissner/AP

Manchester United redobra cuidado contra 'zebra'

Ingleses devem ser cautelosos no jogo de ida da semifinal contra o Schalke 04, que eliminou a Inter, atual campeã

, O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2011 | 00h00

GELSENKIRCHEN - As vitórias do Schalke 04 sobre a Internazionale de Milão (5 a 2 e 2 a 1, respectivamente), que eliminaram a atual dona do título da Liga dos Campeões, são tomadas como alerta pelo Manchester United. Por sua tradição e importância no futebol mundial, a equipe inglesa é considerada ampla favorita para o confronto, que tem sua partida de ida nesta terça-feira, às 15h45 (de Brasília, com transmissão da rádio Estadão ESPN), na Veltins-Arena, em Gelsenkirchen.

Mas enquanto os jornais ingleses fazem listas dos possíveis motivos de uma zebra, o técnico do Manchester United, Alex Ferguson, deve utilizar um esquema de jogo cauteloso. Com o pior ataque entre os quatro semifinalistas da competição, o time ainda perdeu seu principal goleador no Campeonato Inglês, o búlgaro Berbatov (21 gols), por causa de uma lesão muscular.

O jeito encontrado pelos jogadores é acreditar em Javier "Chicarito" Hernández, mexicano que, na sua primeira temporada pelo clube, já marcou quatro gols na Liga dos Campeões. No fim de semana, o atacante decidiu o jogo contra o Everton (vitória por 1 a 0) e manteve o United na liderança do Campeonato Inglês.

"Ele foi a contratação do século", brinca Wayne Rooney, seu companheiro de ataque no jogo desta terça-feira. "Que temporada de estreia vem tendo nossa "pequena ervilha" (chicarito, tradução do apelido em espanhol)", acompanha o zagueiro Rio Ferdinand.

Mas o Schalke garante que não tem medo de Rooney, Ferdinand e muito menos de Chicarito. "Eles têm grandes jogadores, sou fã do Van der Sar, a equipe é muito forte no jogo coletivo, mas também éramos zebras contra a Inter e vencemos", diz o goleiro Neuer, que pode substituir de seu ídolo Van der Sar, já que o holandês aposenta-se no fim desta temporada europeia.

Para os alemães, ser uma surpresa tem ajudado a equipe até aqui e eles estão famintos por mais uma surpresa, que seria o maior feito da história do clube - o Schalke jamais chegou à final da Liga dos Campeões.

"Acredito que somos zebras, sim, até porque o Manchester United é um time experiente, que está sempre chegando à fase decisiva da Copa dos Campeões", admite o zagueiro Metzelder. "Mas nosso grupo é forte e temos acertado nas estratégias para vencer. Espero que não seja diferente desta vez."

O treinador do Schalke tem noção do tamanho da façanha que seria uma vitória. "Não sei se eu e boa parte de meus jogadores teremos outra chance dessas na vida", explicou Ralf Rangnick. "O confronto não se decide hoje, mas precisamos da vantagem."

Pressão da arquibancada. Embora não vença um título alemão desde 1958, o Schalke é conhecido como o time de maior torcida da Alemanha. O público deve lotar os 53 mil lugares da Veltins-Arena ante o Manchester.

Veja também:

som ESTADÃO ESPN -  Schalke 04 tenta fazer história diante do Manchester

video ESPN - Ídolos brasileiros fazem sucesso com torcedores do Schalke 04

video ESPN -  Em 2002, United caiu nas semifinais da Liga para zebra alemã

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.