José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Manifestantes tentam invadir hotel da Fifa em Salvador

Dois ônibus da entidade foram apedrejados e houve confronto com a Polícia Militar

Paulo Favero e Vitor Villar, Agência Estado

20 de junho de 2013 | 20h49

SALVADOR - A situação está bastante complicada em Salvador. Pouco depois de sofrer uma grande repressão por parte do policiamento próximo da Arena Fonte Nova, antes da partida entre Nigéria e Uruguai, pela Copa das Confederações, um grupo de manifestantes se dirigiu ao Hotel Bahia, onde está hospedada a comitiva da Fifa, e tentou entrar. Houve confronto com a polícia militar e dois ônibus da entidade foram apedrejados.

Neste momento existe um forte policiamento no hotel luxuoso e recém-reinaugurado que agora leva a bandeira Sheraton, localizado ao lado da Praça do Campo Grande, perto da arena e do centro histórico. Além dos problemas em frente ao hotel da Fifa, existem por toda a capital baiana outros focos de confronto e a situação está bastante tensa.

Mais cedo, manifestantes e policiais se enfrentaram no lado norte do estádio. Houve tiros de bala de borracha e lançamento de bombas de gás lacrimogêneo. Alguns torcedores que estavam indo para o estádio ficaram no meio da confusão e sofreram com os ataques.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.