Divulgação
Divulgação

Mano espera confirmação de Luis Fabiano

Técnico aguarda uma avaliação mais detalhada do departamento médico do São Paulo sobre a contusão do atacante

RIO, O Estado de S.Paulo

28 de setembro de 2012 | 03h06

RIO - Mano Menezes espera apenas por Luis Fabiano para saber se mantém a convocação da seleção brasileira para o jogo de volta do "Superclássico das Américas", na quarta-feira da semana que vem, em Resistencia, na Argentina. O técnico afirmou que aguarda uma avaliação mais detalhada do departamento médico do São Paulo sobre as condições do atacante, que sofreu lesão na coxa direita e desfalcou o clube nos últimos dois jogos, contra Cruzeiro e LDU de Loja, do Equador.

Luis Fabiano está fazendo tratamento e sabe que não está 100%, mas ainda sonha em poder atuar no domingo contra o Coritiba, pelo Campeonato Brasileiro. Segundo médicos do clube, a lesão provoca dores na coxa e às vezes ele passa um dia sem sentir nada, mas no outro o incômodo volta e isso tira a confiança do atleta, mas ele vai lutar para não abrir mão da seleção. "Estou me preparando para jogar já contra o Coritiba", disse, em entrevista ao Cartão Verde.

Mano também não descartou que tenha de trocar ainda outro jogador, mas somente por motivo de contusão. "Teremos a rodada do fim de semana do Campeonato Brasileiro, que pode influenciar em uma mudança de última hora, mas espero que isso não aconteça", afirmou o treinador. No primeiro jogo do "Superclássico", disputado em Goiânia, o Brasil venceu por 2 a 1, com Luis Fabiano como titular. Somente jogadores que atuam nos dois países podem jogar.

A seleção se apresenta na segunda-feira em São Paulo, ao meio-dia. Treinará na segunda e na terça-feira no CT do Corinthians. Na terça à tarde, o grupo viaja para Argentina, e o retorno está marcado para a madrugada de quinta, logo depois da partida. "Falaram muito em dificuldade econômica da Argentina, e por isso nosso time seria muito superior ao deles. Mas, se for assim, então nossa economia forte cedeu quatro jogadores para eles se reforçarem", disse Mano, sobre os argentinos que disputam o Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.