Mano pede sinergia entre a base e o profissional

Mano Menezes quer acompanhar em detalhes o dia a dia dos garotos da seleção sub-20 que busca vaga para a Olimpíada de Londres, em 2012. Para isso, já agendou passagem por terras peruanas, onde a equipe disputa o Sul-Americano. Deve viajar logo após a convocação do dia 25, quando divulga a lista para o amistoso da equipe principal com a França, em 9 de fevereiro, em Paris.

Wagner Vilaron, O Estado de S.Paulo

18 de janeiro de 2011 | 00h00

Até lá, Mano será representado pelo auxiliar Sidnei Lobo e pelo preparador físico Carlinhos Neves, que chegaram ontem a Tacna. Eles terão a missão de coordenar e passar informações em relação à preparação dos garotos. Outro objetivo é intensificar o trabalho de sinergia entre o time principal e as categorias de base. "Isso (a sinergia) já começou e já pode ser vista na maneira de os times jogarem. Queremos implantar essa linha de trabalho também nas outras áreas, como a preparação física"", explicou Neves, que acertou com o Atlético-PR - vai trabalhar simultaneamente no clube e na seleção.

Caso o grupo conquiste uma vaga para os Jogos, Mano assumirá o comando da equipe, atualmente dirigida por Ney Franco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.