Mano, um fenômeno com 540 mil seguidores

Técnico do Corinthians é um dos mais procurados no Twitter e diz que usa a ferramente para se comunicar

Anelso Paixão, Com Colaboração de Tatiana Mello Dias, O Estadao de S.Paulo

21 de julho de 2009 | 00h00

Com uma impressionante marca de mais de 540 mil seguidores, o que o coloca nos top 200 do Twitter (a lista completa está no http://twitterholic.com), o técnico Mano Menezes é o primeiro brasileiro entre os mais visitados do mundo. Nas dez primeiras colocações, apenas um esportista: o astro do basquete Shaquille O?Neal. A liderança é do ator Ashton Kutcher, marido de Demi Moore. A segunda colocação é da comediante Ellen De Generes. E a terceira posição é da cantora Britney Speers (veja quadro dos 10 primeiros), todos americanos. Além de Mano, apenas o programa Fantástico, entre os nacionais, aparece na lista dos 200, ocupando a 186ª colocação, com 505.655. O técnico é o 177º.Nos dois casos, porém, questionam-se os números, especialmente no de Mano Menezes. Comenta-se que estaria sendo utilizado um script, um aplicativo que permite ao usuário seguir automaticamente outras pessoas - centenas de uma só vez. O script que adiciona usuários automaticamente foi criado pelo brasileiro Danilo Salles.O funcionamento é o seguinte: em redes sociais, normalmente quando a pessoa adiciona um usuário é adicionada de volta. No Twitter, quando se segue alguém, se seu perfil for interessante, você é seguido de volta. O script automatiza esse processo de adicionar alguém. Ele permite que um usuário siga pessoas em massa, quantas quiser, centenas por dia. Nem todas podem retribuir a gentileza, mas, com certeza, uma boa parcela fará isso. Então, ele acaba ganhando vários seguidores de uma vez só - o que demoraria semanas ou meses, ocorre em poucos dias. No caso do técnico corintiano, ele conquista cerca de 5 mil seguidores por semana. O processo pode ser feito manualmente - a pessoa pode ficar o dia inteiro adicionando seguidores - mas o script permite que isso seja feito automaticamente, e em massa. No caso de Mano Menezes, há outros agravantes. Seus seguidores são inflados por milhares de "perfis fantasmas". É só ver quem o segue: perfis com a "foto padrão" (que vem no momento automático de cadastro), com nomes estranhos e praticamente inativas no Twitter. Esses perfis provavelmente também foram criados por robôs - há scripts que criam "contas fantasmas". A confirmação de que os números de Mano Menezes são espantosos pode ser feita comparando-se com outros esportistas de destaque no Brasil. O técnico Vanderlei Luxemburgo, agora no Santos, conta com 24.943 seguidores. O piloto Nelsinho Piquet, da Renault, que costuma utilizar bastante o espaço no Twitter, é acompanhado por pouco mais de 40.600 pessoas. Rubinho Barrichello, da Brown GP, tem 60.352 fiéis seguidores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.