Mano vê excesso de individualismo na vitória brasileira

O técnico Mano Menezes aprovou a atuação do Brasil na vitória sobre a Grã-Bretanha por 2 a 0, nesta sexta-feira, em Middlesbrough, na Inglaterra. Mas ele também criticou o excesso de jogadas individuais da seleção brasileira, principalmente no primeiro tempo do amistoso que serviu de preparação para a Olimpíada.

AE, Agência Estado

20 de julho de 2012 | 18h46

"Foi uma boa atuação. Insistimos em algumas jogadas individuais na primeira parte (do jogo) que não tiveram consequências finais. Precisamos melhorar nesse aspecto da coletividade", avaliou Mano, após o Brasil derrotar a seleção britânica com gols do volante Sandro e do atacante Neymar, ambos nos 45 minutos iniciais.

Apesar de ver excesso de individualismo, Mano acredita que a vitória no amistoso dá confiança para o Brasil iniciar a disputa da Olimpíada, na próxima quinta-feira, contra o Egito. "Temos confirmado a cada jogo que temos uma boa seleção, mas teremos que crescer durante os Jogos Olímpicos", afirmou o treinador.

Para os jogadores, a performance no amistoso realmente deu confiança. "A equipe está preparada. A vontade de demonstrar aquilo que sabe em campo está sendo impressionante", disse o zagueiro e capitão Thiago Silva. "Dá para dizer que o Brasil vai fazer uma boa Olimpíada", completou o atacante Alexandre Pato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.