Arquivo/AE
Arquivo/AE

Maradona deixa hospital após cirurgia na boca

Técnico da seleção argentina foi internado com urgência por ter sido mordido no rosto por sua cadela

AE-AP, Agência Estado

30 de março de 2010 | 15h29

O técnico da seleção argentina, Diego Maradona, ganhou alta nesta terça-feira do hospital em que foi internado com urgência, na madrugada desta terça-feira, depois de ter sido mordido no rosto por seu cachorro dentro do sítio de sua propriedade em Ezeiza, na Grande Buenos Aires.

Veja também:

linkMaradona é operado após ser mordido por seu cachorro

linkDiego Maradona passa bem após cirurgia na boca

O treinador, de 49 anos, passou por uma microcirurgia para reconstruir o seu lábio superior e deixou o hospital Los Arcos, na capital argentina, em boas condições, informaram funcionários do local.

No hospital, Maradona foi acompanhado pelo seu médico pessoal, Alfredo Cahe, e por Dalma, sua filha mais velha, e tinha a sua presença aguardada por um grande grupo de jornalistas.

Segundo informações publicadas pela imprensa argentina nesta terça-feira, o técnico estava brincando com a sua cadela da raça shar-pei, de 4 anos, quando foi mordido em sua boca.

Tudo o que sabemos sobre:
MaradonaArgentinacirurgiacachorro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.