Maratona reúne 2 mil nadadores no Rio

A maratona aquática da "Travessia dos Fortes", neste domingo, será o primeiro evento esportivo para comemorar a vitória do Rio na eleição para a sede do Pan-Americano de 2007. O evento, que também tem por objetivo festejar as semanas do soldado e da Pátria, reunirá cerca de 2 mil nadadores e percorrerá os 3,8 km entre os fortes do Leme e Copacabana, na zona sul. O presidente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), Coaracy Nunes, afirmou que pleiteará junto ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB) a inclusão da maratona na programação dos Jogos Pan-Americanos de 2007. Por não ser um esporte olímpico, a modalidade não participa deste tipo de competição. "A maratona é o esporte em que temos as chances mais reais de medalhas nos Jogos. Nosso domínio é total", explicou Nunes. "E essa travessia será nosso primeiro grande esforço para convencer os dirigentes do COB." Para garantir a segurança dos atletas, o comandante do Forte Duque de Caxias (Leme), cel. Luiz Sérgio Melucci Salgueiro, montou um esquema com cerca de 200 pessoas, além de 30 barcos e caiaques. A largada da prova está prevista para o Forte de Copacabana, às 9h, e a chegada acontecerá no Leme. O evento contará ainda com a participação de 18 atletas portadores de deficiência física.

Agencia Estado,

27 Agosto 2002 | 17h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.