Manuel Bruque/EPA
Manuel Bruque/EPA

Marc Márquez apresenta evolução, mas perderá etapa argentina da MotoGP por problema na visão

Piloto passou por segunda avaliação médica mas seguirá com tratamento para a lesão, agravada por acidente na última corrida

Redação, Estadão Conteúdo

29 de março de 2022 | 11h48

O médico responsável pelo tratamento do piloto Marc Márquez confirmou nesta terça-feira que, apesar da evolução apresentada, o espanhol não irá se recuperar a tempo de disputar a etapa da Argentina da MotoGP no próximo fim de semana. Márquez realizou sua segunda avaliação médica na última segunda e seguirá fazendo tratamento moderado da lesão na visão, agravada pela batida na última etapa da Indonésia.

"A segunda avaliação neuro-oftalmológica feita por Marc Márquez na segunda-feira mostrou uma evolução muito favorável na paralisia do quarto nervo direito, afetado na queda durante a etapa da Indonésia. A recuperação ainda não está completa e Márquez deverá seguir fazendo sessões planejadas de terapia com um tratamento moderado", afirmou Sánchez Dalmau, oftalmologista que cuida do tratamento de Márquez em Barcelona.

O piloto de 29 anos já havia deixado a disputa no circuito da Indonésia no último fim de semana por conta da batida sofrida ainda na sessão de aquecimento. A ausência do piloto na próxima etapa da MotoGP também foi confirmada pela própria Honda em comunicado divulgado nesta terça-feira.

Seis vezes campeão da MotoGP, Marc Márquez voltou a sentir incômodo na visão enquanto realizava o voo da Indonésia para a Espanha. Ele começou a ter sintomas de diplopia, uma espécie de visão duplicada, problema parecido com o que já havia acontecido na reta final da última temporada, após uma concussão sofrida em uma acidente durante o treinamento, que o tirou da última etapa em Valência.

Apesar de o time da Honda confirmar que a melhora do piloto após os novos exames foi notável, a equipe não informou previsões sobre o retorno do espanhol. Ainda não há a confirmação de quem o substituirá na próxima corrida, mas a expectativa é de que o piloto de testes Stefan Bradl represente a marca ao lado de Pol Espargaró. Logo após a etapa de Termas de Río Hondo, a MotoGP emendará o Circuito das Américas, nos Estados Unidos, no próximo dia 10 de abril.

Marc Márquez foi campeão na última vez que disputou a etapa argentina da MotoGP, em 2019, antes das disputas serem canceladas pela pandemia da covid-19. O evento não aconteceu nos anos de 2020 e 2021. Esta será a 19ª etapa que Márquez não participa somando as últimas três temporadas.

Com seis títulos de sete possíveis entre 2013 e 2019, o piloto da Honda vem sofrendo com lesões nos últimos anos. Em 2020, Marc Márquez já havia sofrido com quedas na MotoGP. O hexacampeão quebrou o braço na ocasião e ficou fora do restante da temporada, além de ter perdido quatro corridas na etapa seguinte.

Tudo o que sabemos sobre:
MotoGP [motovelocidade]Marc Márquez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.