Ahmad Yusni/EFE
Ahmad Yusni/EFE

Marc Márquez é pole na Malásia e bate recorde na MotoGP

Tempo obtido pelo espanhol, de 1min59s791, é o mais rápido da história do Circuito de Sepang; Márquez já tem o título garantido

Estadão Conteúdo

25 de outubro de 2014 | 09h35

Com o título da temporada já garantido, o espanhol Marc Márquez parece disposto a aproveitar as últimas provas de 2014 para quebrar recordes na MotoGP. Foi o que ele fez neste sábado, ao cravar mais uma pole position, desta vez para a etapa da Malásia, que acontecerá neste domingo e é a penúltima prova do calendário.

Márquez cravou o tempo de 1min59s791, o suficiente para assegurar a primeira colocação no grid de largada pela 13.ª vez na temporada. Com isso, ele quebra o recorde que havia igualado na etapa da Austrália e que pertencia a dois australianos: Mick Doohan, em 1997, e Casey Stoner, em 2011.

De quebra, o tempo obtido por Márquez foi o mais rápido da história do Circuito de Sepang, quebrando o recorde que pertencia a ele mesmo, já que completou uma volta em 2min00s011 no ano passado. Segundo colocado no treino e no grid de largada no domingo, o espanhol Dani Pedrosa também fez o suficiente para bater este recorde, ao cravar a marca de 1min59s973.

Completando a primeira fila, aparece outro espanhol, Jorge Lorenzo, que completou sua melhor volta em 2min00s203. O alemão Stefan Bradl foi o quarto, seguido de perto pelo italiano Andrea Dovizioso. O heptacampeão mundial Valentino Rossi largará em sexto, depois de ter marcado o tempo de 2min00s740.

Com o título já garantido por Márquez, que tem 312 pontos, a briga agora é pela segunda colocação, ocupada no momento por Valentino Rossi, com 255. Jorge Lorenzo, terceiro, com 247, e Dani Pedrosa, quarto, com 230, estão na briga. A etapa da Malásia está marcada para este domingo às 6 horas (de Brasília).

Tudo o que sabemos sobre:
MotoGPetapa da MalásiaMarc Márquez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.