Marcelo Melo abre ano com derrota em Sydney; Demoliner vence em Auckland

Marcelo Melo não abriu como gostaria a sua temporada. Atuando ao lado do polonês Lukasz Kubot, seu novo parceiro no circuito profissional, o tenista brasileiro foi eliminado pelos colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah na estreia da chave de duplas do Torneio de Sydney, nesta terça-feira.

Estadão Conteúdo

10 de janeiro de 2017 | 11h07

Cabeças de chave número 3 da competição preparatória para o Aberto da Austrália, Grand Slam que começa na próxima segunda-feira, Melo e Kubot foram derrotados por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/3), 4/6 e 10/5.

Assim, a parceria sul-americana avançou à segunda rodada e se credenciou para enfrentar nas quartas de final do torneio australiano os sérvios Viktor Troicki e Nenad Zimonjic, que em outro confronto desta terça derrotaram o polonês Mariusz Fyrstenberg e o eslovaco Martin Klizan por 2 sets a 0, com 6/3 e 6/4.

No duelo diante de Cabal e Farah, Melo e Kubot confirmaram todos os seus saques no primeiro set, assim como os seus adversários, fato que forçou o tie-break, no qual os colombianos foram melhores e fecharam em 7/3.

Já no segundo set, o brasileiro e o polonês chegaram a ter o saque quebrado por uma vez, mas converteram dois de três break points para fazer 6/4 e empatar o duelo. No match tie-break, porém, Cabal e Farah voltaram a ser mais eficientes e liquidaram o confronto em 10/5.

SIMPLES - Seis jogos foram disputados nesta terça-feira pela chave de simples do Torneio de Sydney. Em dois deles, o luxemburguês Gilles Muller e o espanhol Marcel Granollers confirmaram a condição de respectivos sexto e oitavo cabeças de chave em suas estreias. O primeiro deles passou pelo ucraniano Alexandr Dolgopolov por 2 sets a 1, de virada, com 3/6, 6/3 e 7/5. Já Granollers derrotou o colombiano Santiago Giraldo, também de virada, com 6/7 (5/7), 7/5 e 6/3.

Entre eles, Granollers se credenciou para enfrentar o britânico Daniel Evans, algoz do brasileiro Thiago Monteiro na primeira rodada, na última segunda-feira.

Já o eslovaco Martin Klizan não conseguiu justificar a condição de sétimo pré-classificado em Sydney ao cair na estreia diante do russo Andrey Kuznetsov. Ele abandonou o jogo quando perdia o terceiro set por 3/0, por motivo de lesão, após ter vencido a primeira parcial por 6/2 e sido derrotado na segunda por 6/1.

Os australianos Jordan Thompson e Alex De Minaur, além do alemão Mischa Zverev, foram outros dois tenistas que estrearam com vitória na chave de simples nesta terça. Zverev, por sua vez, foi o algoz do veterano espanhol Nicolas Almagro ao vencer por 6/4 e 6/2.

AUCKLAND - Se Melo caiu na estreia em Sydney, o brasileiro Marcelo Demoliner abriu com vitória a sua campanha na chave de duplas do Torneio de Auckland, outro ATP 250 preparatório para o Aberto da Austrália. Ele e o australiano Marcus Daniell superaram o português João Sousa e o argentino Guillermo Duran por duplo 6/4.

Assim, Demoliner e Daniell propiciaram a possibilidade de um duelo brasileiro na segunda rodada na Nova Zelândia, pois eles terão pela frente os vencedores do confronto entre a parceria formada por André Sá e o indiano Leander Paes e a dupla cabeça de chave número 1, firmada pelo filipino Treat Huey e o bielo-russo Max Mirnyi.

Já a chave de simples em Auckland contou com seis jogos nesta terça. Em um deles, João Sousa, superado na estreia de duplas, abriu campanha surpreendendo o espanhol Albert Ramos, quinto cabeça de chave, com parciais de 6/1 e 7/5.

Já o experiente cipriota Marcos Baghdatis fez valer a condição de oitavo pré-classificado na estreia ao bater o francês Adrian Mannarino por duplo 6/4. O taiwanês Yen-Hsun Lu, o britânico Brydan Klein e o norte-americano Ryan Harrison foram os outros tenistas que estrearam com vitória nesta terça na Nova Zelândia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.