Márcio e Benjamim, parceria pode acabar

O forte vôlei de praia do Brasil teve, neste sábado, sua primeira dupla eliminada do torneio olímpico. Márcio e Benjamim perderam para os irmãos suíços Paul e Martin Laciga por 2 sets a 1 (21/19, 19/21 e 15/12) e não terão a oportunidade de enfrentar Ricardo e Emanuel nas quartas-de-final. Ricardo e Emanuel pegarão, assim, os Laciga, em confronto programado para este domingo.Abatido com a derrota e bastante cansado, Benjamim, de 32 anos, deixou a arena anunciando que pretende, em breve, encerrar a carreira e descartou completamente a possibilidade de ir a Pequim em 2008. Ainda disse que a parceria com Márcio será desfeita. "Acho que vamos nos separar, tenho outros projetos em minha vida, sou casado com uma canadense (Isabela) e devo ir embora do Brasil."O único fator que pode retardar um pouco o fim da dupla são os compromissos com patrocinadores, que vão até maio de 2005. "Estou decepcionado, treinamos duro por três anos, chegamos bem fisicamente, mas jogamos mal." Benjamim chegou a pedir atendimento médico durante o segundo set por supostas dores na virilha direita, que vinham incomodando nos últimos dias. Confessou, no entanto, que estava bem e só queria parar um pouco o jogo, na ocasião favorável aos adversários.Márcio, de 30 anos, ficou surpreso ao saber das declarações do amigo e afirmou que tem intenção de disputar mais uma Olimpíada. Irritado com o resultado, ele criticou a Federação Internacional de Vôlei de Praia. Os brasileiros estavam certos de que passariam da primeira fase na primeira colocação pelo saldo de sets. Mas os organizadores o colocaram na segunda posição alegando que o primeiro critério de desempate no torneio é o confronto direto. "Onde estava escrito isso, o regulamento nos torneios indica o set average para o desempate", desabafou Márcio.Choro - Se tivessem terminado a primeira fase na liderança de sua chave, Márcio e Benjamim teriam, provavelmente, caído com uma dupla mais fácil nas oitavas-de-final. "A manipulação da Federação é sempre para prejudicar o Brasil."Os brasileiros, que participaram pela primeira vez dos Jogos Olímpicos, são parceiros há mais de três anos e foram duas vezes vice-campeõs mundiais, em 2002 e em 2003. A melhor dupla do País é, sem dúvida, Ricardo e Emanuel, mas os dirigentes e a delegação do vôlei de praia esperavam que Márcio e Benjamim pudessem ter ido um pouco mais longe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.