Satiro Sodré
Satiro Sodré

Marco Antonio e Stephani Balduccini vencem 100m livre no Troféu Brasil

'Nadar para 49s36 foi bom. Queria ter nadado para 48s, mas achei que foi bom até pelas provas que já nadei aqui no Troféu Brasil', disse o nadador

Redação, Estadão Conteúdo

11 de dezembro de 2020 | 23h12

A sexta-feira no Troféu Brasil de natação foi marcada pela prova mais tradicional da modalidade: os 100 metros livre. E os vencedores foram Marco Antonio Ferreira Júnior e Stephani Balduccini, na piscina do Club de Regatas Vasco da Gama, no Rio de Janeiro. Outro destaque do dia foi Vinicius Lanza.

Marco Antonio faturou a medalha de ouro com o tempo de 49s36. Lucas Peixoto foi o segundo colocado, com 49s62, e Victor Alcará levou o bronze, com 49s79. "Nadar para 49s36 foi bom. Queria ter nadado para 48s, mas achei que foi bom até pelas provas que já nadei aqui no Troféu Brasil. A competição tem sido muito boa, importante para essa nossa retomada às competições", comentou o novo campeão brasileiro da prova.

No feminino, Stephanie Balduccini foi a mais veloz, com 56s20, à frente de Aline Rodrigues, com 56s93, e Natalia de Luccas, medalhista de bronze, com 57s03. "Não gostei muito do meu tempo, mas meu Troféu Brasil tem sido ótimo. Quero agradecer ao meu clube e ao meu treinador pelo que eu venho fazendo aqui", comentou Stephanie, que também venceu a prova de skins na quinta-feira.

Vinicius Lanza, por sua vez, conquistou sua terceira medalha de ouro neste Troféu Brasil, nesta sexta, ao vencer os 200 metros medley, com o tempo de 2min00s59. Icaro Pereira faturou a prata, com 2min03s42, e Vinicius Assunção ficou com o bronze, com 2min03s70.

"Tem sido ótimo voltar a nadar. A competição te estimula a melhorar. Cansei um pouco no fim da prova, mas é normal depois de três dias de competição. Os objetivos têm sido cumpridos e isso é bem importante para o nosso planejamento para a seletiva olímpica", comentou Lanza, de olho nos Jogos de Tóquio, adiados para 2021.

Nos 400m livre, Guilherme Costa, o Cachorrão, confirmou o favoritismo e venceu com 3m50s84. Ele é o atual recordista sul-americano da prova. Gustavo Saldo e Fernando Scheffer completaram o pódio.

Tudo o que sabemos sobre:
natação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.