Marcos Assunção deve estrear já na quinta-feira

Volante de 33 anos, apresentado ontem, substituirá Pierre no duelo contra o Atlético-GO pela Copa do Brasil

, O Estado de S.Paulo

27 de abril de 2010 | 00h00

O torcedor que deve lotar o Palestra Itália na quinta-feira vai ver um Palmeiras diferente contra o Atlético-GO. No primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil, o técnico Antônio Carlos contará com a volta do lesionado Cleiton Xavier e com Marcos Assunção, que foi apresentado oficialmente ontem e já deve atuar como titular na vaga do suspenso Pierre.

Aos 33 anos, o volante foi um dos principais jogadores na surpreendente campanha do Grêmio Prudente no Estadual (perdeu para o Santo André na semifinal) e garante que a idade - considerada alta para muitos - não é um problema para ele: está em boa forma física. "O jogador passa dos 30 e começa a ser velho. Mas tenho os exemplos de Cafu e Aldair, que se cuidaram e jogaram muito tempo", diz. "É um orgulho voltar a um time grande e poder pensar em títulos."

No Palmeiras, porém, Marcos Assunção não pode seguir os últimos exemplos que passaram por lá. Nos últimos dois anos, a diretoria apostou em Edmílson e em Roque Júnior - os dois com 33 anos - e eles decepcionaram. "Não dá pra comparar os casos. O Marcos Assunção vai ser importante para a gente", garante o vice-presidente Gilberto Cipullo, lembrando que a contratação foi feita a pedido do Antônio Carlos. "Ele é forte na bola parada", ressalta. "Sempre fiz gols de faltas e quero fazer aqui também", comenta o atleta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.