Paulo Pinto/AE
Paulo Pinto/AE

Marcos sente dores e ainda não sabe se poderá pegar a Portuguesa

Goleiro do Palmeiras voltou a atuar na quinta-feira após cinco meses afastado

DANIEL AKSTEIN BATISTA, O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2011 | 00h00

SÃO PAULO - Luiz Felipe Scolari só vai definir neste sábado se Marcos seguirá no gol do Palmeiras no domingo, no clássico contra a Portuguesa, no Canindé. O goleiro voltou a atuar na quinta-feira, na vitória por 3 a 1 sobre o Paulista, após quase cinco meses afastado por causa de uma lesão no joelho esquerdo.

O camisa 12 foi um dos destaques do time, mas ainda é dúvida. "Ele acordou com uma dor normal, não há nada demais com o Marcos", disse o médico Vinícius Martins. Marcos fez apenas um trabalho de recuperação nesta sexta-feira. Mas na quinta-feira, após a partida, ele admitiu que sentiu um pouco de dor. "O joelho está mais ou menos", falou. "O time não pode precisar muito de mim, até porque não vou poder jogar todas as partidas."

Depois da partida diante do Paulista, Felipão admitiu que dificilmente Marcos iria a campo no domingo. "Pelo que foi falado, ele joga uma sim e outra não." Mas, se Marcos treinar normalmente neste sábado, sua presença pode ser confirmada. Marcos Assunção, com lesão na coxa direita, ficará parado por 10 dias. Danilo, negociando com a Udinese, também não joga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.