Maria Clara e Carol levam última etapa do vôlei de praia

Filhas da ex-jogadora Isabel conquistam seu segundo título na etapa brasileira ao bater Renata e Talita

AE, Agencia Estado

14 de dezembro de 2008 | 13h34

As irmãs Maria Clara e Carolina conquistaram a última etapa do Circuito Brasileiro de vôlei de praia, neste domingo, ao derrotarem a dupla Renata e Talita por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 12/18, 18/08 e 15/12, em João Pessoa, na Paraíba."Viemos muito focadas nesta etapa, já que os últimos resultados não foram bons. Nos superamos na decisão. Vencer um time como Renata/Talita só valoriza nosso título. Conseguimos reverter uma situação difícil na final contra uma dupla fortíssima", declarou Maria Clara. Foi o segundo título das jogadoras, que são filhas da ex-jogadora Isabel. Nesta temporada, elas também venceram em Vila Velha, no Espírito Santo. "Terminar o ano com um título é tudo que mais queríamos. Dá uma motivação enorme para entrarmos fortes na próxima temporada. Será o primeiro ano de um novo ciclo olímpico e muitas duplas novas surgirão com força", prometeu Carolina.O jogo deste domingo foi a última da dupla formada por Renata e Talita, que conquistou o quarto lugar nos Jogos Olímpicos de Pequim, em agosto deste ano. Em 2009, Renata jogará ao lado de Val, enquanto Talita formará parceria com Maria Elisa. "Foi uma boa despedida. Lutamos bastante pelo título, mas infelizmente não deu. Estou muito animada para jogar com a Val. É uma jogadora guerreira, que vibra bastante e combina muito bem com meu estilo de jogo. Nossas duplas tiveram bons resultados nesta temporada e precisaremos trabalhar bastante para mantê-los em 2009", declarou Renata.Na disputa pelo terceiro lugar, Virna e Ângela venceram Neide e Bárbara Seixas por 2 a 0 - 19/17 e 18/11 - e faturaram a medalha de bronze. "Foi ótimo fechar o ano com esse pódio. Tivemos um ano difícil, inclusive com problemas pessoais, mas sempre lutamos pelos resultados. E, a última impressão é a que fica", disse Virna, que ainda não definiu com quem jogará no ano que vem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.