Mariana Ohata sofre punição por doping

A triatleta Mariana Ohata, que teve exame antidoping positivo para anfepramona na disputa dos Jogos Sul-Americanos, em agosto, foi punida com 60 dias de suspensão, já cumpridos. Segundo a Confederação Brasileira de Triatlo, o caso foi avaliado por cinco auditores que condenaram a triatleta por 3 votos a 2. A decisão será encaminhada para a União Internacional de Triatlo, que definirá se Mariana poderá competir no exterior. Em caso de reincidência, ela pode ser excluída do esporte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.