Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Mariany, caçula do tênis de mesa em Atenas

Quando Mariany Nonaka nasceu, Hugo Hoyama tinha 19 anos e já havia conquistado a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis/87. Na Olimpíada de Atenas, em agosto, os dois representarão o Brasil no tênis de mesa, que terá cinco atletas. O País nunca havia alcançado esse número na modalidade.Assim como nos Jogos Pan-Americanos de São Domingos, no ano passado, Mariany será a caçula da delegação brasileira na competição grega. Aos 15 anos, ela conquistou a vaga olímpica nas duplas no Pré-Olímpico de Valdívia, no Chile, semana passada. A garota fará dupla com Lígia Silva, com quem também jogou a competição dominicana."Estou muito feliz pela Mariany ter conseguido a vaga olímpica. Ainda é uma garotinha, mas já está adquirindo experiência. Ela sabe que é importante aproveitar essas chances para crescer e chegar bem no auge, daqui alguns anos. Assim como no Pan do ano passado, dificilmente ela e a Lígia conseguirão medalhas, mas só de participar de uma Olimpíada já vai ser algo muito significativo", afirma Hugo, que venceu a prova de duplas mistas do pré-olímpico ao lado de Mariany.Aparentemente, a mesa-tenista não quer mais ser tratada como uma garotinha. No Pan de São Domingos seu apelido era "Ursinho" porque há muitos anos, o técnico Serge Mimura deu um urso de pelúcia para a garota, que o levava para todas as competições. "Agora ela não leva mais o urso, não", assinala Hugo.Assim como Lígia Silva, de 22 anos, Mariany Nonaka é a maior esperança da modalidade no Pan de 2007, no Rio. No Desafio Mundial Infantil de 2003, na Malásia, a atleta estava na equipe da América Latina, que alcançou sua melhor posição no ranking mundial ao chegar às semifinais do torneio.Mariany começou a jogar aos nove anos, quando acompanhava o irmão mais velho nos treinos. Atualmente, ela treina no Projeto Olímpico de Sorocaba.Enquanto as garotas se preocupam com sua primeira Olimpíada, Hugo já pensa se Atenas será sua última. "Atenas vai ser especial. Apesar de todo mundo achar que eu já me acostumei a participar de Olimpíadas, essa vai ser a mais especial porque pode ser a última. Sempre tive um objetivo, que era trazer medalha, mas nunca consegui. Espero que este ano eu chegue lá", conta o atleta de 34 anos.De qualquer maneira, Hugo ressalta que tem vontade de jogar por muito tempo: "Quero muito continuar treinando, quem saber participar do Pan no Rio e dos Jogos Olímpicos da China, em 2008? Mas, por enquanto, só penso em Atenas."Além da competição individual, Hugo jogará as duplas ao lado de Hugo Hanashiro, outro apontado como promessa da modalidade. "Todos ficaram contentes com a participação dele, ele se esforça demais nos treinos e mostrou que quem se dedica consegue grandes resultados."Outro brasileiro que competirá individualmente será Thiago Monteiro, que já treina na Europa há cinco temporadas. "O Thiago tem pouca idade (23 anos), mas já não é um moleque. Tem muita experiência e muitas chances de ir bem na Olimpíada."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.