Marilson: vitória não vai amenizar tristeza

Marilson dos Santos já está nos EUA, onde domingo tentará a 2ª vitória na Maratona de Nova York - foi campeão em 2006. Mas o atleta admite que nem um bicampeonato no prestigioso evento seria suficiente para apagar a tristeza pelo fracasso em Pequim. "Vou ter de conviver com isso, é um resultado que não dá para voltar atrás."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.