Marinha marca presença na vela

A Marinha do Brasil atraca seus veleiros, amanhã, em Ilhabela, pronta para marcar forte presença na regata de longo percurso Eldorado FM/Alcatrazes por Boreste, que abre no sábado a Semana de Vela. "Levamos cinco barcos da Escola Naval. É a prova da importância que estamos dando a esta competição", destaca o capitão de corveta Ricardo Dondeo. As embarcações deixaram o Grêmio da Marinha, no Rio de Janeiro, hoje de manhã. O veleiro "Albatroz", de 32 pés, sob o comando do capitão de mar-e-guerra George Setti Muniz, é o mesmo que representou a Marinha na Eldorado-Brasilis, entre Vitória e Ilha de Trindade, disputada em janeiro. "Com ele, temos chances na classe RGS", diz o comandante Dondeo. O "Quiricomba", outro veleiro da Marinha que disputou a Eldorado/Brasilis, só não estará na Semana de Vela porque o motor quebrou e ainda não foi reparado. Dondeo estará no comando do "Sargaço", de 38 pés, que está incluido na lista dos favoritos da classe ORC. A Semana de Vela de Ilhabela continua recebendo inscrições. Até hoje, a empresa D&S que organiza o evento já tinha recebido 105 inscrições. Segundo Edgard Rombauer, a perspectiva é de chegar a 115 ou 120 até o final de semana. Um dos últimos a confirmar a inscrição foi o veleiro "Yassô", da família Schürmann. Outros veleiros que a Marinha deslocou do Rio para Ilhabela são o "Brekelé", de 41 pés, sob o comando do capitão de fragata Luciano Lunardelli e o "Villegagnon", de 31 pés, comandado pelo professor Ricardo Lebreiro. A quinta embarcação da Marinha ainda depende dos testes que fará sexta-feira: o catamarã "Caxangá", de 48 pés. Se for aprovado, o "Caxangá" entrará na categoria dos multicascos. Ao todo, segundo o comandante Dondeo, a Marinha participará da competição com cinco oficiais e 45 aspirantes, com a presença do comandante da Escola Naval, o contra-almirante José Antônio Castro Leal que está fazendo a travessia entre o Rio e Ilhabela. A Marinha também apoiará a Eldorado FM/Alcatrazes com a fragata União de onde será dada a largada, sábado, às 10h. De acordo com o regulamento da prova, só os veleiros das classes IMS, ORC e RGS de 30 ou mais pés e os Bico de Proa de 33 ou mais pés farão o percurso completo entre Ilhabela e Alcatrazes, na regata de sábado. As demais embarcações farão o percurso entre Ilhabela e Toque Toque. Um dos veleiros favoritos e com uma das melhores equipes, o "ESPN Brasil", de 32 pés, continua treinando para a prova. Com o comando de Marcos Ferrari e tendo o tetracampeão mundial e campeão olímpico Robert Scheidt como timoneiro e Klaus Bieckark como tático, o "ESPN" lutará pelo título. "Uma frente fria está chegando e isso poderá mudar as coisas. Com temperatura baixa, mar agitado e ventos irregulares, as equipes vão sofrer muito", analisa Marcos Ferrari. Segundo o comandante, estas condições poderão tornar imprevisível a regata que vai abrir a Semana de Vela de Ilhabela.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.