John Locher/AP
John Locher/AP

Mark Todd, bicampeão olímpico de hipismo, é suspenso após agredir cavalo em treino

Neozelandês de 65 anos foi flagrando batendo no animal com um galho durante ensaio de cross-country no Reino Unido

Redação, O Estado de S.Paulo

16 de fevereiro de 2022 | 11h08

Duas vezes campeão olímpico de hipismo, Mark Todd foi suspenso pela Autoridade Britânica de Cavalos de Corrida (BHA, sigla em inglês) depois que um vídeo surgiu mostrando ele batendo em um cavalo com um galho durante um treinamento de cross-country no Reino Unido. O neozelandês de 65 anos, que agora treina cavalos de corrida, foi visto atacando o animal várias vezes enquanto tentava convencê-lo a pular na água.

"O presidente do Independent Judicial Panel da British Racing aprovou hoje um pedido do BHA de que uma suspensão provisória deve ser colocada na licença de treinamento de Sir Mark Todd após o surgimento no fim de semana de um vídeo mostrando-o batendo em um cavalo com o que parece seja uma filial", disse a entidade em comunicado na quarta-feira.

A suspensão provisória significa que Todd, que treina em Wiltshire, na Grã-Bretanha, não poderá correr com cavalos tanto em solo britânico, como internacionalmente até que as investigações sobre as circunstâncias do incidente tenham as investigações encerradas. 

Todd — que tem o título de Sir por suas conquistas no esporte — ganhou medalhas de ouro individuais nas Olimpíadas de Los Angeles e Seul e também levou uma medalha de bronze na prova por equipes nos Jogos de Londres 2012. Após a repercussão do caso, ele pediu desculpas. 

"Peço sinceras desculpas ao cavalo e a todos os envolvidos por minhas ações neste vídeo. Uma das principais coisas que prego é estabelecer um respeito mútuo entre cavalo e cavaleiro, e que paciência e gentileza são a melhor maneira de obter resultados. Acredito que este é um dos principais atributos, juntamente com uma grande empatia com os animais, que me permitiu ter uma longa e bem-sucedida carreira no hipismo. Estou muito decepcionado comigo mesmo por não ter aderido a isso neste caso."

Tudo o que sabemos sobre:
hipismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.