Andreu Dalmau/EFE
Andreu Dalmau/EFE

Márquez vence etapa de Aragão e dispara na MotoGP

Com a vitória, espanhol de 20 anos chega a 278 pontos no ranking

AE-AP, Agência Estado

29 de setembro de 2013 | 11h37

ALCAÑIZ - O espanhol Marc Márquez ampliou a sua vantagem na liderança da MotoGP ao vencer neste domingo a etapa de Aragão, a 14ª das 18 previstas para este campeonato, realizada no circuito de Alcañiz, na Espanha. O seu triunfo, porém, ficou marcado por uma polêmico acidente com o também espanhol Dani Pedrosa, seu companheiro de equipe na Honda.

Quando faltavam 18 voltas para o fim da prova, Márquez tentava ultrapassar Pedrosa para assumir a vice-liderança e tocou por trás a moto do seu compatriota. Em seguida, Pedrosa perdeu o controle da sua moto e caiu, abandonando a prova. "Eu o toquei de leve com a frente da minha moto, e eles me disseram que eu posso ter quebrado um cabo e é por isso que ele caiu", disse Márquez. "Foi muito azar. Isso não costuma acontecer".

Depois, Márquez, de 20 anos, passou a perseguir o espanhol Jorge Lorenzo, atual campeão da MotoGP, que havia assumido a liderança com uma excelente largada com a sua Yamaha. Márquez, então, conseguiu ultrapassá-lo e venceu a prova no circuito Ciudad del Motor de Aragón em 42min03s4, com uma vantagem de 1s3 para Lorenzo. "Sabíamos antes da corrida que ia ser difícil", disse Lorenzo. "Nós tivemos muitas dificuldades neste fim de semana . A moto estava instável. Mas não existem desculpas. Marc foi mais rápido e ele mereceu a vitória".

O italiano Valentino Rossi terminou em terceiro, mais de 12 segundos atrás de Márquez com a sua Yamaha, encerrando uma série de quatro provas em que terminou na quarta colocação. O espanhol Álvaro Bautista ficou em quarto lugar, o alemão Stefan Bradl foi o quinto, seguido pelos britânicos Cal Crutchlow e Bradley Smith, pelo italiano Andrea Dovizioso, pelo norte-americano Nicky Hayden e pelo também italiano Andrea Iannone, que completaram as dez primeiras posições da prova deste domingo.

Esta foi a sexta vitória de Márquez nesta temporada, passando a ter uma a mais do que Lorenzo, que vinha embalado por dois triunfos consecutivos. Márquez tem o objetivo de se tornar o primeiro estreante a vencer o campeonato desde o norte-americano Kenny Roberts em 1978. Agora, ele lidera o campeonato com 278 pontos e 39 de vantagem para Lorenzo quando faltavam quatro etapas para o encerramento da temporada. Pedrosa permaneceu com 219 pontos, na terceira colocação.

Pedrosa, que venceu a etapa de Aragão no ano passado e completou 28 anos neste domingo, teve de ser retirado da pista pela equipe médica. Mais tarde, ele disse que estava bem, exceto por algumas dores em sua pélvis. Pedrosa, no entanto, estava zangado com o seu companheiro de equipe e os comissários de pistas por não terem penalizado Márquez pelo incidente.

"É fácil resumir o que aconteceu. Marc sempre pilota no limite quando tem pilotos na frente", disse Pedrosa. "Ele bateu em mim por trás e foi aí que minha corrida terminou. Não importa o que ele diz. Eu também gostaria de dizer algo sobre os comissários de pista. Houve algumas coisas que aconteceram nos últimos anos. Nós, pilotos com mais experiência tentamos acalmar aqueles com menos, mas (os comissários) acabam deixando coisas passarem como se nada tivesse acontecido". A etapa da Malásia será a próxima corrida da temporada 2013 da MotoGP e está marcada para o dia 13 de outubro no circuito de Sepang.

Confira a classificação final da etapa de Aragão:

1º. Marc Márquez (ESP/Honda) - 23 voltas em 42min02s459

2º. Jorge Lorenzo (ESP/Yamaha) - a 1s356

3º. Valentino Rossi (ITA/Yamaha) - a 12s927

4º. Álvaro Bautista (ESP/Gresini Honda) - a 13s787

5º. Stefan Bradl (ALE/LCR Honda) - a 13s973

6º. Cal Crutchlow (ING/Tech 3 Yamaha) - a 14s662

7º. Bradley Smith (ING/Tech 3 Yamaha) - a 31s220

8º. Andrea Dovizioso (ITA/Ducati) - a 40s671

9º. Nicky Hayden (EUA/Ducati) - a 53s413

10º. Andrea Iannone (ITA/Pramac Ducati) - a 55s067

11º. Aleix Espargaró (ESP/Aspar) - a 58s001

12º. Yonny Hernández (VEN/Pramac Ducati) - a 1min05s513

13º. Randy de Puniet (FRA/Aspar) - a 1min06s589

14º. Hiroshi Aoyama (JAP/Avintia) - a 1min08s674

15º. Claudio Corti (ITA/Forward) - 1min09s130

16º. Colin Edwards (EUA/Forward) - a 1min12s041

17º. Luca Scassa (ITA/Cardion) - a 1min45s152

18º. Bryan Staring (AUS/Gresini Honda) a 1min45s228

19º. Lukás Pesek (TCH/Ioda) a 1min45s583

Não completaram:

Héctor Barberá (ESP/Avintia)

Dani Pedrosa (ESP/Honda)

Damien Cudlin (AUS/Paul Bird)

Danilo Petrucci (ITA/Ioda)

Michael Laverty (IRN/Paul Bird)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.