Márquez vence oitava na MotoGP e segue imbatível

Marc Márquez segue fazendo história na MotoGP. Neste sábado, o espanhol conquistou nada menos que sua oitava vitória em oito provas disputadas na temporada e deixou mais uma vez claro que não tem adversários à altura neste momento. O triunfo desta vez aconteceu na etapa da Holanda, no Circuito de Assen, e foi um dos mais difíceis para o piloto até o momento.

AE, Agência Estado

28 de junho de 2014 | 10h53

Foi apenas a segunda vez que Márquez não saiu na pole na temporada e ele ainda teve que lidar com o mau tempo durante boa parte da corrida, mas nem isso tirou a hegemonia do atual campeão da principal categoria da motovelocidade. Ele se igualou a uma lenda da categoria, Giacomo Agostini, que em 1971 também venceu as oito primeiras provas do Mundial.

Os 100% de aproveitamento deixaram Márquez ainda mais sossegado na ponta da tabela, com incríveis 200 pontos. A segunda posição agora está dividida entre o heptacampeão da categoria, o italiano Valentino Rossi, e o espanhol Dani Pedrosa, ambos com 128 pontos.

Mas neste sábado nem Rossi nem Pedrosa passaram perto de ameaçar a vitória de Márquez. O único que impôs dificuldade ao líder da temporada foi o italiano Andrea Dovizioso, que estava na ponta até a 26.ª volta. Aí Márquez mostrou porque está dominando a MotoGP e com uma grande manobra ultrapassou o adversário.

Ao fim da prova, o espanhol esbanjou felicidade, fez manobras na pista e subiu no alambrado e em um suporte para as câmeras de tevê. Nada mais justo para quem está fazendo história no esporte.

Atrás de Marc Márquez chegou justamente Andrea Dovizioso, agora quarto colocado da temporada, com 91 pontos. Ele ultrapassou na classificação o bicampeão Jorge Lorenzo, que foi apenas o 13.º na prova e caiu pra quinto.

Completando o pódio atrás de Dovizioso apareceu Dani Pedrosa, que perdeu muito tempo atrás de Aleix Espargaró ao longo da prova, mas conseguiu a ultrapassagem no fim. Espargaró, aliás, largou na pole, mas terminou somente na quarta posição. Valentino Rossi foi o quinto, mas pode se dar por satisfeito, já que largou em 12.º e precisou fazer uma bela prova de recuperação.

Tudo o que sabemos sobre:
MotoGPetapa da HolandaMarc Márquez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.