COB
COB

Martine Grael e Kahena Kunze estreiam no Pan de Lima neste sábado

Dupla vai entrar a medalha de ouro na classe 49er FX em Lima, no Peru

Paulo Favero, enviado especial a Lima, O Estado de S.Paulo

02 de agosto de 2019 | 22h37

A vela, modalidade que o Brasil costuma ser forte, estreia neste sábado nos Jogos Pan-Americanos com uma equipe forte liderada pelas campeãs mundiais e olímpicas Kahena Kunze e Martine Grael, que foram porta-bandeiras da delegação. Elas vão tentar a medalha de ouro na classe 49er FX em Lima, no Peru. No Pan de Toronto, em 2015, elas foram medalha de prata e agora esperam conquistar o ouro.

"A nossa temporada começou em Miami e diria que é bem positiva até agora. Tivemos ótimos resultados em todas as etapas que disputamos e estamos felizes com o que atingimos até agora. Estamos trabalhando nos mínimos detalhes, como na questão de material dos barcos, nas manobras e no preparo físico", comentou Martine.

No mundo, as principais adversárias das brasileiras são as duplas da Nova Zelândia, Holanda, Suécia e Noruega, que são parceiras de treino delas. Mas, na América, o nível está um pouco abaixo e as atletas nacionais são favoritas ao ouro. "A gente está bem satisfeita com o resultado até aqui e queremos manter essa evolução até o final da temporada", disse Kahena.

Até por isso, na competição que será disputada na Baía de Paracas, distante 262 quilômetros da capital peruana, o Brasil é o time a ser batido. "Óbvio que a gente é visada, todas as meninas tomam a gente como referência, mas a gente sabe que tem muito a aprender e não estamos no 100%. Falta muito para chegar lá", lembrou Martine.

Por enquanto a parceria é duradoura, com foco para um bom desempenho nos Jogos Olímpicos de Tóquio. "Depois de lá tudo vai depender do resultado. A gente tenta fazer uma campanha bem leve. Em outros esportes de dupla, é tudo muito intenso. Mas a gente gosta e ama o que faz. A gente se diverte com outras coisas e tudo se torna mais fácil. Tem amizade e profissionalismo", disse Martine.

Além delas, o Brasil estará representado no Pan pelos seguintes velejadores: Brenno Francioli (RS:X), Bruno Fontes (Laser), Bruno Lobo (Fórmula Kite), Claudio Bieckark, Isabel Ficker e Gunnar Ficker (Lightning), Gabriel Borges e Marco Grael (49er), Matheus Dellagnelo (Sunfish), Rafael Martins e Juliana Duque (Snipe), Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino (Nacra 17), Gabriella Kidd (Laser Radial) e Patrícia Freitas (RS:X).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.