Martínez admite favoritismo e pede Espanha 'sem erros'

Atual campeã mundial e bicampeã da Eurocopa, a Espanha chega ao Brasil para a Copa das Confederações como uma das principais favoritas. Nem mesmo os próprios jogadores da seleção desmentem esta condição, mas sabem que terão que comprová-la em campo para saírem com o título. Por isso, o volante Javi Martínez pediu: nada de erros durante a competição.

AE, Agência Estado

15 de junho de 2013 | 14h00

"A Espanha é uma das favoritas para a Copa das Confederações porque ganhou as últimas duas Eurocopas e a última Copa do Mundo", declarou, em entrevista ao site da Fifa. "No entanto, em uma competição como essa você não pode se dar ao luxo de cometer erros, precisamos estar completamente focados."

Martínez teve uma temporada praticamente perfeita com sua equipe, o Bayern de Munique, que conquistou a Liga dos Campeões da Europa, o Campeonato Alemão e a Copa da Alemanha. "Quando as coisas estão bem e seu time vence, acaba tendo mais chances na seleção. Espero que isso me ajude no futuro também", disse.

A análise do jogador parece estar certa e o técnico da seleção espanhola, Vicente del Bosque, não poupou elogios a ele. "Martínez é um jogador completo e está sempre ligado em tudo que está acontecendo no campo", avaliou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.