Massa: esporte perde lugar para a política

A Justiça francesa decide hoje se acata o pedido da Ferrari de barrar a regra do teto de investimentos na Fórmula 1 que a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) pretende implementar em 2010. O brasileiro Felipe Massa, piloto da escuderia italiana, torce pelo fim da crise. "Não espero nada em particular da sentença", diz. "Espero que se fale, no futuro, menos de política e mais de esporte, porque até agora aconteceu o contrário."

, O Estadao de S.Paulo

19 de maio de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.