Massa luta para se adaptar às mudanças

Massa deu a tônica dos muitos desafios que esperam os pilotos na temporada 2011. Após duas séries de treinos, o piloto diz que ainda há muito trabalho pela frente até se acostumar às funções extra de sua Ferrari e deixá-la pronta para a corrida de estreia da temporada, o Grande Prêmio do Bahrein. Isto se a fase de turbulência política no país não causar o cancelamento da corrida marcada para o dia 13 de março.

Valéria Zukeran, O Estado de S.Paulo

19 de fevereiro de 2011 | 00h00

Massa admite que se acostumar às novidades no volante tem dado um certo trabalho. "Fora os comandos que já existiam, agora você tem os botões para comandar o kers (sistema que gera energia a partir do uso dos freios) e a asa traseira", contou em entrevista via satélite para um de seus patrocinadores. As novidades, segundo o brasileiro, devem aumentar o número de ultrapassagens na Fórmula 1, mas exigir muito mais atenção, rapidez de raciocínio e habilidade dos pilotos, que terão de decidir o melhor momento para usar os novos recursos.

Massa diz que é difícil, nesta altura, apontar favoritos para a temporada, apesar de considerar a Red Bull no páreo após o título de 2010. "Muitas coisas mudaram e muitas equipes têm chance. Vai depender da equipe que encontrar uma peça que funcione melhor."

O piloto, no entanto, se diz satisfeito com o desempenho de sua Ferrari, especialmente pelo fato de ter conseguido completar muitas voltas nos treinos em Jerez de La Frontera e Barcelona. Espera conseguir mais nos próximos dias, na capital catalã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.