Massa se surpreende com problema nos pneus e espera melhora da Williams em prova

O treino qualificatório deste sábado para o GP da Inglaterra de Fórmula 1 foi ruim para o brasileiro Felipe Massa, da Williams. O piloto enfrentou problemas com os pneus, não conseguiu chegar ao Q3 e acabou com o 12.º lugar no grid de largada. Agora ele espera que a equipe consiga se redimir e acerte bem o carro para a prova deste domingo no circuito de Silverstone.

Agência Estado, Estadão Conteúdo

09 de julho de 2016 | 17h50

"Definitivamente não foi uma boa classificação para mim hoje (sábado), pois foi difícil fazer os pneus traseiros funcionarem de um jeito que não perdessem performance ao longo da minha volta. Infelizmente, eu não consegui fazer uma boa volta por conta disso", comentou o brasileiro.

Massa afirmou, após o treino classificatório, que foi surpreendido, pois a equipe já deveria ter uma solução para este tipo de problema no carro, e espera uma melhora para a prova. "Eu fiquei um pouco surpreso, porque não é a primeira vez que temos estes problemas com os pneus. Felizmente o carro será acertado para a corrida de amanhã (domingo) e o ritmo será mais consistente, pois precisamos tentar fazer isso funcionar", disse.

NASR SE DECEPCIONA COM CARRO - Outro brasileiro do grid, Felipe Nasr fez o 21.º tempo e se mostrou bastante insatisfeito com o resultado. Agora o piloto espera influência da chuva para buscar posições melhores na corrida.

"Foi uma sessão de treinos muito decepcionante para mim. Eu estava confiante de que poderia ter terminado algumas posições acima hoje (sábado), pois estava satisfeito com o equilíbrio do carro até a qualificação. Precisamos entender porque tivemos uma perda de desempenho com o equilíbrio do carro. Amanhã (domingo)será uma prova difícil, mas o clima pode entrar no jogo", analisou.

Tudo o que sabemos sobre:
InglaterraFelipeWilliamsFelipe Nasr

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.