Romeo Gacad/AFP
Romeo Gacad/AFP

Massa vê evolução e Ferrari vai antecipar novidades

Brasileiro diz que equipe já tem um bom carro para corridas, mas falta ainda melhorá-lo para ganhar posições no grid

LIVIO ORICCHIO, O Estado de S.Paulo

11 de abril de 2011 | 00h00

KUALA LUMPUR - Para Felipe Massa, não fossem os sete segundos perdidos no primeiro pit stop, daria para ser o terceiro. Acabou em quinto. Mas o mais importante foi o saldo positivo do fim de semana na Malásia, prova importante para sua sequência no campeonato. Apresentou-se melhor que o companheiro Fernando Alonso, na sexta-feira, o que levou o espanhol a adotar parte de suas escolhas técnicas, e neste domingo esteve sempre muito veloz, sem cometer erros.

"O mecânico não conseguiu apertar a porca (roda dianteira esquerda) e precisou trocar a pistola. Com isso, perdi não só o que ganhei na largada como outras posições também", disse.

A exemplo do GP da Austrália, largou bem. Saiu em sétimo, subiu para sexto, mas, depois da parada na 13.ª volta, perdeu duas posições. "Sim (estou surpreso), não esperava um ritmo tão forte na corrida. Com os pneus moles andávamos junto da Red Bull e da McLaren, enquanto na classificação fomos mais de um segundo piores. Com os duros o desgaste foi elevado, como com outros pilotos", disse.

A experiência de domingo em Sepang deu à Ferrari a direção a ser seguida: "Temos um bom carro em corrida, mas muito o que evoluir nas classificações." Massa ocupa o sexto lugar no campeonato, com 16 pontos, diante de 20 de Alonso, quinto. Para Xangai, domingo, o time vai antecipar soluções que estreariam, em princípio, apenas na etapa seguinte, o GP da Turquia, dia 8.

Já Rubens Barrichello e os integrantes da Williams estavam decepcionados. "Imaginávamos viver situação bem distinta depois das primeiras corridas, mas descobrimos estar até pior que o ano passado." Rubinho recebeu um toque de Adrian Sutil, da Force India, na primeira volta, "o que parece ter afetado o sistema hidráulico." Como o companheiro, Pastor Maldonado, também abandonou, a Williams ainda não terminou uma corrida.

Veja também:

som ESTADÃO ESPN - 'Nova Fórmula 1' ainda está em fase de adaptação, destaca Flavio Gomes

linkMassa diz que erro da Ferrari impediu briga pelo pódio

linkVettel domina GP da Malásia e vence segunda em 2011

linkESTADÃO ESPN - Ouça a narração da bandeirada final na Malásia

linkProva da Malásia confirma que pódio só se definirá no fim


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.