Masters Cup conhece os 3 últimos classificados

Tomas Berdych, David Ferrer e Andy Roddick garantem vagas para a competição que reúne os oito melhores do ano

, O Estado de S.Paulo

12 de novembro de 2010 | 00h00

PARIS

Um dos torneios mais aguardados da temporada - pelo menos o de maior qualidade técnica - teve ontem a definição de seus nobres participantes. A derrota de Fernando Verdasco para Gael Monfils e a vitória de Andy Roddick sobre Ernests Gulbis, no Masters de Paris, selaram o grupo dos oito melhores tenistas do ano que se encontrarão para grandes confrontos a partir do dia 21, em Londres.

Rafael Nadal - que não disputa o Masters de Paris, mas esteve na capital francesa a passeio -, Roger Federer, Novak Djokovic, Andy Murray e Robin Soderling já chegaram à França com vaga assegurada na tradicional Masters Cup (que se chama oficialmente ATP Finals desde o ano passado). Ontem, o checo Tomas Berdych, o espanhol David Ferrer e o americano Andy Roddick também se garantiram na milionária competição, que distribui cerca de R$ 7 milhões em premiação.

Ferrer e Berdych se despediram ontem de Paris após perderem nas oitavas de final, mas se beneficiaram do tropeço de Verdasco. O espanhol lutou, mas, cansado após o título da semana passada em Valência, caiu diante de Jurgen Melzer: 6/7 (8/6), 6/2 e 3/6. Já o checo, que faz um encerramento de temporada ruim após final em Wimbledon e semi em Roland Garros - conquistou apenas três vitórias desde o US Open -, sofreu uma pane mental e até sofreu um pneu de Nikolay Davydenko: 6/4, 6/7 (5/7) e 6/0. Mas ambos se despedem da "Cidade Luz" com a tranquilidade de quem cumpriu seu papel.

"Classificar-me para Londres é o resultado de toda uma temporada de trabalho duro e estou muito feliz de ver meu nome entre os melhores tenistas da atualidade", comemorou Berdych, 25 anos, que disputará a valorizada competição pela primeira vez na carreira. "É muito bom chegar lá de novo. Ano passado tive que ficar assistindo pela TV", brincou Ferrer, atual 7.º colocado do ranking mundial.

Roddick bateu Gulbis - 6/3 e 7/6 (10 a 8) - e hoje enfrenta Robin Soderling, que passou por Stanislas Wawrinka, por uma vaga nas semifinais. Roger Federer também está nas quartas após vencer Radek Stepanek (6/4 e 6/3). O suíço, que não pode mais tirar o posto de número 1 de Nadal em 2010, joga contra o talentoso austríaco Jurgen Melzer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.