Tim Fuller / USA Today Sports
Tim Fuller / USA Today Sports

Matthew Stafford renova com Detroit e se torna o jogador mais bem pago da história da NFL

Apesar de boas temporadas com a franquia de Michigan, quarterback nunca venceu um jogo dos playoffs

Estadão Conteúdo

29 de agosto de 2017 | 10h57

O quarterback Matthew Stafford renovou seu contrato com o Detroit Lions, única equipe que defendeu na carreira, até 2022. O novo acordo tem valor total de US$ 135 milhões (R$ 425 milhões) por toda a duração, o que torna Stafford o jogador mais bem pago da história da milionária liga esportiva americana, superando o de Derek Carr com o Oakland Raiders, anunciado no mês passado e com valor de US$ 125 milhões (aproximadamente R$ 394 milhões), pelos mesmos cinco anos.

Stafford foi escolhido pelos Lions no draft de 2011 na primeira posição. Desde então, o jogador permaneceu no time de Detroit, e se tornou o principal nome do time, passando a crescer de rendimento a partir de 2014, com a chegada do técnico Jim Caldwell, quando teve as marcas mais regulares na carreira. Junto com o time, chegou aos playoffs três vezes, em 2011, 2014 e 2016, mas nunca conseguiu passar da rodada dos wild cards.

Em números, Stafford entrou para o Top-50 dos quarterbacks da NFL.  O atleta é o 39º em passes completados (2.634), o 47º em passes lançados (4.285), o 44º em jardas (30.303), o 49º em touchdowns (187).

A franquia de Michigan confia no quarterback para poder chegar aos playoffs e reverter o incrível recorde negativo de 9 derrotas consecutivas na pós-temporada desde 1991. Para chegar às fases decisivas, a equipe precisará superar equipes mais bem preparadas, como o Green Bay Packers e o Minnesota Vikings.

Tudo o que sabemos sobre:
Futebol Americano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.