Mauresmo vence Hingis, mas fica sem a liderança do ranking

Nem mesmo a sensacional vitória de virada sobre a suíça Martina Hingis, por 3/6, 6/1 e 6/4, nesta quinta-feira, foi suficiente para manter a francesa Amelie Mauresmo na posição de número 1 do mundo. Com muito pontos para defender no Masters Feminino de Tênis, em Madri, em que foi campeã no ano passado, ela verá a liderança do ranking ficar entre a belga Justine Henin-Hardenne e a russa Maria Sharapova, ambas com duas vitórias até agora na competição.O problema é que Mauresmo tem muitos pontos para defender em Madri e, mesmo que seja campeã do torneio, não conseguirá manter a liderança do ranking. De qualquer maneira, ela se recuperou da derrota para a russa Nadia Petrova na estréia e, com a importante vitória sobre Hingis, mantém as chances de ir à semifinal do Masters. Justine Henin-Hardenne, por sua vez, garantiu vaga nas semifinais do Masters aovencer Nadia Petrova por duplo 6/4, também nesta quinta-feira. Já Sharapova, com duas vitórias e sem ter cedido um set sequer, está praticamente classificada - só um milagre poderia deixá-la fora da próxima fase do torneio.Sharapova volta a jogar nesta sexta-feira, contra a também russa Svetlana Kuznetsova. Nos outros jogos do dia, a russa Elena Dementieva pega a belga Kim Clijsters, enquanto Mauresmo desafia Henin.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.