Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Maurício é operado no braço direito

O levantador Maurício, campeão mundial e bicampeão olímpico, disse nesta sexta, após chegar do hospital, em Milão, que levou um susto com a trombose que atingiu o seu braço direito e o obrigou a fazer uma cirurgia de urgência para tirar dois coágulos. De volta a Macerata, com a mulher Roberta e os dois filhos, o levantador, de 36 anos, terá de recuperar-se por um período de duas a três semanas antes de jogar novamente. "Foi o maior susto. Eu andava com a mão direita gelada, muito fria mesmo. E ela doía quando eu jogava. Fui a Milão, onde há um centro especializado, para fazer exames e não me deixaram sair do hospital", contou Maurício, por telefone.Maurício foi aos Jogos de Atenas com a Seleção Brasileira em agosto e fez dois jogos pela atual temporada do Campeonato Italiano, já sentindo dores na mão direita. "Cheguei ao hospital na terça-feira e passei o dia fazendo exames. Na quarta-feira eles descobriram o problema e quando estava voltando para o quarto soube que iria para cirurgia. Foi uma anestesia local e aspiraram os coágulos, um perto do meio do braço e outro no pulso. Agora estou com o braço inchado, mas bem. O importante é que eu vou voltar a jogar logo. Se o problema fosse na palma da mão, eu poderia ficar até seis meses sem jogar."O atacante Schwanke teve o mesmo problema circulatório na mão direita, em 1997, e Jaqueline mais recentemente. Maurício não sabe se a trombose é produzida pelos movimentos do braço em contato com a bola de vôlei. Disse que não conhece a causa, mas que problemas no coração e de genética já foram afastados pelos médicos, no seu caso. "Ainda investigam outras hipóteses."

Agencia Estado,

15 de outubro de 2004 | 20h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.