Maurren deve embolsar quase R$ 300 mil pela medalha de ouro

Atleta brasileira ganhará prêmios extras de patrocinadores e deve ser sondada pela Playboy para posar nua

Redação,

26 de agosto de 2008 | 13h47

A medalha de ouro no salto em distância já traz dividendos para a atleta Maurren Maggi, que deve embolsar quase R$ 300 mil pela conquista inédita nos Jogos Olímpicos de Pequim.A principal patrocinadora da atleta, a rede de supermercados Pão de Açúcar, dará R$ 100 mil de bônus pela conquista. Já um banco pretende dar R$ 120 mil, valor estabelecido antes dos Jogos.Como também é patrocinada pela bolsa de futuros de São Paulo, Maurren Maggi espera receber uma barra de 1kg de ouro, já que esta é a tradição da bolsa quando um de seus atletas vence uma competição do calibre dos Jogos Olímpicos. Hoje, a barra vale R$ 44 mil.A primeira entrevista coletiva de Maurren Maggi, em solo brasileiro, acontece na tarde desta terça-feira, em São Paulo.PLAYBOYAlém de receber tal quantia e de ganhar uma estátua de 7,04 m - em homenagem à distância alcançada no salto que lhe garantiu o ouro - em sua cidade natal, São Carlos, Maurren Maggi começa a ser sondada pela revista Playboy.O pai da atleta, William Maggi, garante que a investida da revista será em vão. A revista ainda não confirmou o interesse em estampar Maurren Maggi em sua capa.

Tudo o que sabemos sobre:
Maurren MaggiatletismoPequim 2008

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.