Maurren diz que pretende competir até Olimpíada no Rio

A disputa do Festival de Velocidade e Saltos, nesta sexta-feira, na reinauguração do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COTP), em São Paulo, será importante para o futuro de Maurren Maggi nos próximos meses. Atual campeã olímpica do salto em distância, a atleta diz que se conseguir um bom desempenho nesta competição pensará seriamente em participar da etapa de Londres da Diamond League, marcada para o dia 13 de agosto.

VALÉRIA ZUKERAN, Agência Estado

30 de julho de 2010 | 09h44

Maurren voltou a competir no começo de julho, nove meses depois de uma cirurgia no joelho direito para curar a lesão que prejudicou sua participação no Mundial de Berlim, no ano passado. Desde então, ganhou o Meeting de Ávila, na Espanha, com a marca de 6,36 metros no salto em distância. Agora, ela se prepara para suas principais competições a longo prazo: os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, em 2011, e a Olimpíada de Londres, em 2012.

E, embora já esteja com 34 anos, Maurren afirmou que pensa em competir até mesmo na Olimpíada do Rio, em 2016, na primeira edição de Jogos Olímpicos realizada no Brasil. A atleta fez a revelação em entrevista à Agência Estado, ao ser questionada se fraquejou durante o seu processo de recuperação da cirurgia a que foi submetida.

"Estou pensando até em 2016! Não dá desânimo. Hoje tenho 34 (anos), vou estar com 40 (na Olimpíada do Rio), mas os períodos fora das pistas me fazem ter vontade de ficar dentro dela", ressaltou Maggi, que falou sobre a dificuldade de voltar a competir depois da operação.

"É mais difícil voltar de cirurgia do que depois de um tempo parada. Tive de começar do zero com uma perna só. Mas graças à Deus estou treinando superbem. Estou com 95% da minha forma física, estrutura muscular, mas minha cabeça está 100% para saltar", reforçou.

E Maurren não vê como um problema a possibilidade de chegar aos Jogos Olímpicos do Rio sem ser uma atleta ainda competitiva, tendo em vista a idade que terá na competição. "Competitiva não sei, mas se estiver em condições não sei porque estar de fora. Se puder saltar, vou saltar", avisou.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoMaurren MaggiOlimpíadaRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.