Maurren Maggi recebe R$ 50 mil por medalha de ouro

Após vitória no salto em distância, brasileira receberá o valor da Confederação Brasileira de Atletismo

Agencia Estado

29 de agosto de 2008 | 17h40

A brasileira Maurren Higa Maggi vai receber a premiação de R$ 50 mil da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e da Caixa Econômica Federal, patrocinadora da entidade, por ter conquistado a medalha de ouro no salto em distância nos Jogos Olímpicos de Pequim."Foi uma performance importante para o Brasil", justificou o presidente da CBAt, Roberto Gesta de Melo, ao anunciar a premiação nesta sexta-feira. Ao saltar 7,04 metros na final da prova no último dia 22, Maurren se tornou a primeira mulher a conquistar uma medalha olímpica no atletismo brasileiro."Um bom resultado olímpico é importante para dar visibilidade ao esporte e disseminar seus valores. A conquista de uma medalha, como fez a Maurren, atinge milhões de jovens que passam a considerar o esporte uma possibilidade de sucesso na vida", destacou André Lopes, gerente de marketing esportivo do banco patrocinador.Além dos R$ 50 mil, a atleta vai receber R$ 100 mil da rede de supermercados Pão de Açúcar. Outro patrocinador, a BM&FBovespa, ainda não confirmou, mas se manter a tradição, deve premiar Maggi com uma barra de ouro de um quilo no valor de R$ 44 mil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.